REGULAMENTO PARTICULAR


1 – OBJETIVOS


A prova “Amigos 10 da Plataforma de Atlântida” é um torneio aberto, na modalidade pesque-e-solte, destinado ao congraçamento de praticantes da pesca de arremesso, filiados ou avulsos, além do estímulo ao turismo e à divulgação da pesca de competição, organizado pela diretoria da Plataforma de Atlântida e pela Loja Katarina Pesca.

2 – NORMAS

O Torneio será disputado por “duplas” compostas por pescadores filiados ou não à FRAP ou avulsos ou mistas, durante 10 horas de pesca, subordinando-se integralmente às regras constantes deste Regulamento Particular.

3 – DAS INSCRIÇÕES

As inscrições serão limitadas ao número de 64 (sessenta e quatro) duplas e deverão ser efetuadas mediante preenchimento da ficha de inscrição e pagamento da taxa de inscrição até o dia 26/10 às 18:00h na Loja Katarina Pesca (fone: 051-996512673) ou até o dia 27/10 às 8:00h na portaria da Plataforma (051-992817680).

Poderão participar do Torneio pescadores, maiores de 12 anos, filiados ou não a Clubes, devendo todos portar Licença do Ministério da Pesca, conforme legislação federal em vigor. Os pescadores competirão, em “duplas”, numa categoria geral única.

O valor das inscrições será de R$ 100,00 por dupla de pescadores associados ou não à ASUPLAMA.

4 – DA DATA E HORÁRIO DA PROVA E DA PREMIAÇÃO

27 de outubro - SÁBADO

8:00h Sorteio dos boxes
9:00 h Início da Prova
11:15 h Término da 1ª ETAPA
13:45 h Término da 2ª ETAPA
16:15 h Término da 3ª ETAPA
19:00 h Término da 4ª ETAPA
19:30 h Divulgação dos Resultados e premiação

A prova será constituída de 04 etapas de 2h e 15 minutos (duas horas e quinze minutos), com intervalo de 15 minutos entre cada etapa para a troca de boxes. Quando faltarem 5 minutos para o final de cada etapa, haverá aviso sonoro de advertência. Todos devem recolher então suas linhas e encaminhar as peças para pesagem. Após 5 minutos ocorrerá novo acionamento da buzina, indicando o término da etapa. Com esse segundo aviso sonoro, começa a contagem de 3 minutos de tolerância máxima para pesagem oficial do peixe capturado. Ao final dos 3 minutos, será acionada a buzina novamente, quando então encerrará a pesagem de peixes daquela etapa. Nesse momento, quem estiver na fila de pesagem terá seu pescado considerado. Os peixes capturados numa etapa não poderão ser guardados para pesagem na etapa seguinte, sob hipótese alguma. Caso algum pescador esteja com algum peixe grande fisgado, será concedido um acréscimo de 5 minutos para retirada do peixe e pesagem, porém somente será então computado se este tiver peso acima de 5 Kg.

6 – DO EXERCÍCIO DA PESCA

Os atletas de cada dupla pescarão juntos, num mesmo box, cujo sorteio será efetuado nos horários definidos do item 4.
As peças válidas com, no mínimo 20 cm, deverão ser imediatamente apresentadas à comissão de pesagem, que fará o devido registro.

As peças apresentadas, SOMENTE TERÃO VALIDADE SE ESTIVEREM VIVAS E SEM QUALQUER SINAL DE AMASSAMENTO ou “DESNUCADOS”, e serão imediatamente devolvidas ao mar. Se o peixe engolir o anzol, a linha (braçolada, pernada) deverá ser cortada e, sem a retirada do anzol, o pescado será assim apresentado à Comissão de pesagem para que tenha validade.

A critério da Comissão de pesagem e da organização da prova, alguns pescados poderão ser sacrificados, permanecendo em poder da Comissão de arbitragem até o final da prova, quando serão liberados para consumo.

• Serão válidas quaisquer espécies de peixes, exceto tainhas, sardinhas e peixe-rei;

• Não é permitido o acúmulo de peças capturadas para posterior apresentação à pesagem, sendo permita a presentação de, no máximo, duas peças por pescador;
• O material de pesca será composto de varas de tamanho livre, carretilha/molinete, chumbadas e linha de livre escolha, com anzóis de uma só ponta e limitados a 2 por chicote (rabicho/parada), podendo ser utilizados flutuadores nas pernadas/braçoladas;

• Os pescadores deverão evitar o uso de linhas multifilamento, uma vez que o espaço é restrito, e seu uso poderá acarretar em rompimento de linhas monofilamento de pescadores vizinhos. Em caso de uso, o pescador deve assegurar que sua linha não “correrá” para o box vizinho.

• Pela limitação de espaço, não será permitido que se mantenha conjunto reserva montado;

• Os lançamentos devem ser efetuados perpendicularmente ao sentido da raia, podendo ser utilizados flutuadores, conforme a regra da CBPL, sendo expressamente proibida a utilização da técnica conhecida como “ligue-ligue”, onde os arremessos são efetuados sem que saia linha da carretilha/molinete.

• A isca utilizada será livre e deverá ser providenciada pelos próprios participantes.

• A pontuação a ser atribuída é de 2 pontos por peixe e 1 ponto a cada 100 gramas ou fração do peso total, sendo que na eventualidade de empate, serão considerados como critérios de desempate, na ordem: maior número de peixes, maior peso total, maior peça capturada, sendo que persistindo empate será apurado o vencedor mediante sorteio.


7 – DA PREMIAÇÃO

A premiação será entregue, considerando o resultado final da prova, da seguinte forma:
• 1º lugar: R$ 2.000,00 + troféus
• 2º lugar: R$ 1.000,00 + troféus
• 3º lugar: R$ 600,00 + troféus
• 4º lugar: R$ 400,00 + troféus
• 5º lugar: R$ 200,00 + troféus
• do 6º ao 10º colocados: medalhas
• MAIOR PEÇA: R$ 800,00 (dupla) + troféus


8 – ARBITRAGEM E FISCALIZAÇÃO

A arbitragem será exercida por designação dos organizadores da Prova e seus auxiliares, devidamente identificados, competindo-lhes seguir e cumprir o determinado no presente regulamento particular.

9 – DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

Os organizadores e autoridades não se responsabilizam por eventuais danos físicos ou materiais ou quaisquer outros que os participantes possam via a sofrer ou produzir, antes, durante ou após o Torneio, sendo que a formalização da inscrição implica plena e total aceitação de todos os dispositivos deste Regulamento Particular.




Comissão organizadora
Diretoria da ASUPLAMA


 

   
   
 

Desenvolvido por